A melhor turma

Os melhores alunos que já tive em toda minha vida, coincidentemente, minha primeira turma ;-P

JOL-I / 2009-01

JOL-I / 2009-01

Obrigada por tudo!

Anúncios

Cenário para ilha de Lost

Névoa espessa por todos os lados, areia marrom, pessoas caminhando desorientadas, bravos na beira do mar a resgatar os mais inconsequentes que tentavam se arriscar em um banho. Este poderia ser o cenário de um episódio de Lost, mas era apenas um dia de veraneio em Capão da Canoa.

Exausta de ficar em casa decidi me aventurar no que parecia o céu que desceu à terra. A neblina que atingiu misteriosamente a beira-mar deixou os veranistas intrigados. Não se falava em outra coisa nesses dias_ foram uns três consecutivos. 

Da Capão a Atlântida, caminhando pela areia não enxergei absolutamente nenhum prédio. Não que eles estivessem encobertos pela névoa, eles haviam desaparecido! De um lado enxergava o mar, do outro o nada. Confesso que por um momento me assustei. Mas na areia, as crianças brincavam, os jovens jogavam frescobol e taco-bola e os adultos liam seus livros embaixo do guarda-sol.

Teriam eles desvendado o mistério dos céus? O que os tornava tão sóbrios e tranquilos? Entre esses e outros devaneios e sem enxergar muito à minha frente, segui até a plataforma de Atlântida. Só consegui enxergá-la quando cheguei muito perto. Sim, uns dez passos.

No retorno, a caminhada parecia mais longa, não tinha mais meus pontos de referências, os altos prédios de Capão que me guiavam diariamente. Tanto que passei do meu ponto uma guarita. Quando cheguei perto do Baronda atinei que havia caminhado além do meu percurso. Dei meia-volta e acessei o calçadão.  Só pensava em chegar em casa e me sentir segura de novo. Vai que a névoa tenha trazido além do cenário, alguma das armadilhas  preparadas para Jack e sua turma…

Sabor de infância

Tomar um sorvete na praia é um programa clássico, mas quando a sorveteria é nova e te lembra a infância, o sabor é tão mais gostoso.  Das minhas férias de criança eu tenho registro da loja da KiBon em Cidreira.  Minha vó tinha casa lá, e enquanto meus pais trabalhavam, eu curtia mar, sombra e água de côco com minha avó. No final de tarde, não podia faltar a ida ao centrinho para comer pastel ou batatinha frita e tomar sorvete ou picolé na KiBon.

Agora aqui em Capão, a sorveteria é da Nestlé. A cor da loja azul com amarelo, as mesas mais altas e o ambiente simples me remeteram para Cidreira. O sabor real do sorvete talvez seja muito melhor. Mas como o sabor afetivo daqueles momentos felizes de Cidreira é delicioso, bate uma saudade tremenda. Nem a calda de chocolate meio amargo altera minha preferência, se bem que essa vale muito a pena.