O dia em que o Twitter parou

Quinta-feira, seis de agosto de 2009. Nesse dia o microblog Twitter e a rede social Facebook saíram do ar por poucas horas, mas estiveram instáveis por mais de 24 horas. O Twitter explicou o ocorrido no blog Twitter Status_ fora do ambiente do microblog.

a FailWhale aparece toda a vez que o Twitter está em manutenção

a FailWhale aparece toda a vez que o Twitter está em manutenção

O microblog afirmou ser um ataque de crackers_ hackers criminosos _ para deixar a navegação lenta e instável. Muitas foram as especulações ao longo do dia e no dia seguinte. No Orkut, tuiteiros de plantão criaram uma comunidade para discutir a aflição de estar sem o microblog.

A motivação era nebulosa. O DoS (denial-of-service) foi explicado assim no blog do Biz Stone (co-fundador do Twitter): “Ataques como este são esforços maliciosos orquestrados para corromper e tornar indisponível serviços como bancos online, sites de pagamentos e, nesse caso, o Twitter. ”

Na sexta, Stone afirmou que o “ataque massivo” teria motivações geopolíticas, sem entrar em detalhes.

O site guardian.co.uk publicou uma entrevista com um professor cujo codinome nas redes sociais é Cyxymu. Ele disse que o ataque atingiu o LiveJournal, Facebook e Twitter com o objetivo de calar as críticas que estava disparando contra a Rússia, um ano depois da Guerra da Ossétia do Sul . O professor se identificou como um homem de 34 anos que vive em Tbilisi, capital da Geórgia. Não revelou o real nome.

O Twitter e Facebook garantem que os dados dos seus seguidores não foram danificados e os dois serviços foram retomados normalmente na sexta-feira, dia 7 de agosto ao longo do dia. O que atrasou o restabelecimento total foram os aplicativos do microblog que apresentaram maiores problemas. Hoje, 48 horas depois do ataque, não há nem vestígios do DoS, e tuiteiros de plantão voltaram a utilizar o serviço tão essencial quanto um banco online, aproveitando a comparação do Stone.

Anúncios

Um comentário sobre “O dia em que o Twitter parou

  1. o problema não é o twitter parar. a aflição é pensar que a tua conexão que deu pau e que estas excluída do twitter, que os amigos estão falando coisas maravilhosas e imperdíveis e só tu não estás lendo. se o twitter caiu, tudo bem. só não quero ficar fora de uma festa rolando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s