Suspeita Gripe A: um relato pessoal

Encarar a ponte aérea RS-SP em época de surto de Gripe A nos dois Estados é temerário. Mas eu não estou nos grupos de risco ou, pelo menos, achei que não estivesse.

_ Não há grupos de risco, qualquer um pode pegar_ afirma o dr. Brenol “Júnior”, meu irmão Claiton.

O debate familiar se instalou depois que voltei de uma semana em São Paulo com tosse forte, falta de ar, coriza e dor de cabeça.  Dr. Brenol, meu médico-pai, auscultou meu aparelho respiratório e requisitou:

_ Mana, vamos fazer um raio-X de tórax, agora.

Ele sempre foi o mestre dos magos lá em casa, me orientou pelas desventuras da vida. Desta vez, me guiou até o Hospital Moinhos de Vento.

mail.google.com19h30min
Na emergência, sala de espera cheia de pacientes, enfermeiros e atendentes vestindo máscara de proteção à gripe A. Giana, a atendente, faz minha ficha e já avisa: coloca a máscara e senta, são de duas a quatro horas de espera.

20h
Ouço uma voz masculina chamar meu nome. É o enfermeiro Fábio que faria uma triagem. Ele pergunta o que eu sinto, tira febre e mede a pressão. Em seguida, me encaminha de volta à sala da angústia.

20h10- 23h
O pior da sala de espera é a angústia do ser ou não a próxima vítima do vírus H1N1. hmv_gripeAUns pacientes estavam sozinhos, outros acompanhados por amigos ou familiares, calados ou falando baixo, todos contribuíam para uma atmosfera tensa. Cada vez que a porta abria e um médico aparecia, a esperança reacendia.

23h
Minha vez chegou: dra. Lenise Valler me chamou. Já estava cansada e os sintomas pareciam ter piorado ao longo da noite. Lenise me examinou e constatou chiado em minha respiração. Pediu nebulização e raio-X do tórax. Pelo menos, eu não estava com febre e isso reduzia minhas chances de estar com a temida gripe A.

23h15min
Eu respirava com a ajuda do bocal do nebulizador e observava os demais pacientes que aguardavam o diagnóstico  final ou, pelo menos, uma atenção médica. Mas a emergência estava muito cheia e havia apenas duas médicas para todos os casos suspeitos de gripe e as demais doenças.

23h30min
Leandro, do raio-X de tórax, era um homem simpático e bem-humorado. Observando minha fadiga disse: _ Não vá desmaiar aqui, sente e fique acomodada.

Apesar do exame desconfortável, me senti acolhida. Uma sensação de confiança pairava no terceiro andar do prédio.

23h30min-0h30min
Retornei à angustia da espera na sala de emergência. Eu sentada ao lado de dezenas de pacientes ansiosos por saber como proceder, ia assistindo de camarote às médicas passarem o diagnóstico, assim mesmo, na frente de todos. As sentenças eram assim:
_ O seu raio-X aponta espessamentos e há um princípio de pneumonia.
_ Seu raio-X está ok, mas deve seguir em observação.
_ Confirmados os sintomas da gripe, lhe passo a medicação (Tamiflu) para tomar de 12 em 12 horas.

Cada consulta que terminava com Tamiflu aumentava a tensão. E o pior é que nem mesmo aqueles que tomaram o remédio prometido podem ter certeza que tiveram mesmo o vírus.

_ Nós não estamos mais fazendo pesquisa para diagnóstico de gripe A_ respondeu a dra. Lenise ao ser questionada por um dos “suspeitos”.

0h40min
_ Marlise_ chamou a médica.
_Seu raio-X mostra um espessamento no tórax, característico de broncoespasmos. Tome um antialérgico, paracetamol, faça nebulização em casa e fique em repouso. Se houver piora dos sintomas, retorne.

Diagnóstico dado após cinco horas de espera, sai com aquela ponta de alegria e otimismo: pelo menos não estou com a pandemia do começo do século. E se estivesse com o vírus H1N1, jamais teria a confirmação.

ps. me desculpem sair do tema do blog, mas precisava desabafar. Pelo menos o meu relato é sobre um pauta jornalística bastante atual! 😉

Anúncios

4 comentários sobre “Suspeita Gripe A: um relato pessoal

  1. alecduarte disse:

    Sabe pq tu voltou de SP com esses sintomas? Simples: não tomou Norteña/Patricia em nossa mesa de notáveis no Santa Madalena!!!

    bjs

  2. Marlise Brenol disse:

    Se ainda merecer uma cadeira entre os notáveis não perderei o próximo encontro etílico. Em nome da minha saúde 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s