Um texto para servir de modelo

O último dia seguinte de seu Ananias é o texto que deveria ser lido por todas as pessoas que ainda têm dúvidas sobre o papel do jornal impresso e o futuro da rotativa na era da web 2.0. É uma Reportagem, dessas com erre maiúsculo mesmo. Da primeira frase à última frase, é impossível parar de ler na metade e não ficar com aquela vontade de saber o final dessa narrativa. O texto de Mauro Toralles é primoroso, como diria Tatata Pimentel.

O texto está na Zero Hora de sábado, 10 de julho. Leia e  releia quantas vezes puder.

Anúncios

3 comentários sobre “Um texto para servir de modelo

  1. Ainda vemos uma revista MENSAL, como a Piauí, dar furos e ser repercutida por veículos online (como naquela entrevista do Zé Dirceu ou no caso das plásticas da Miss RS).

    Mas também há belas reportagens (no sentido romântico do termo) sendo feitas por bons blogs e bons sites.

  2. Marlise Brenol disse:

    É verdade, Edu. O bom jornalismo tem espaço, independente da plataforma. Mas confesso que adoro ler um bom texto no papel, que seja surpreendente e bem diferente do que li ao longo do dia em sites.

  3. Eduardo disse:

    Concordo. Não tem comparação.

    Mesmo que eu use mais a internet para ler notícias, não há nada melhor que ver a minha Piauí do mês chegar, deitar no sofá num (raro) momento de folga e lê-la, ao mesmo tempo em que sinto o papel entre meus dedos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s