Churrasco e a navegação na web

Tradicional almoço de domingo, o churrasco pode ajudar a entender a lógica da leitura na web. Quando se tem muita carne e poucos convidados, basta servir devagar, em pequenos pedaços. Provavelmente, não sobraria nada. Assim, é a navegação online. A comparação inspirada é do jornalista Andre Czarnobai, conhecido como Cardoso, que conversou com os alunos de jornalismo online I, ontem à noite, na Unisinos.

Regionalismo à parte, Cardoso traduz princípios do texto online como a fragmentação e a leitura não-linear. E mais do que a digestão lenta e gradual de conteúdos online, Cardoso acredita que com a web, as pessoas estão lendo mais.

_ Durante uma semana fiz um levantamento de tudo que eu li na internet. Copiei e colei em um documento Word e o resultado foram 300 páginas em uma semana _ conta.

Usuário da web lê vários textos que caibam em uma tela. Mesmo que o texto seja enorme, se for editado em drops, a leitura flui sem dor. Essa é a teoria da editora do site de Zero Hora Barbara Nickel, que também participou do embate de ideias.

_ Se o texto for bom, atraente, o leitor vai começar a ler e vai até o final, como faz no jornal impresso_ diz Bárbara.

Ou seja, o conteúdo do texto é a picanha. Nunca vi carne boa ser rejeitada em churrasco.

Anúncios

Um comentário sobre “Churrasco e a navegação na web

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s