Mimetismo midiático

O conceito de mimetismo midiático foi publicado pelo francês Ignácio Ramonet. Nas palavras do mesmo:

“O mimetismo é aquela febre que se apodera repentinamente da mídia (confundindo todos os suportes), impelindo−a na mais absoluta urgência, a precipitar−se para cobrir um acontecimento (seja qual for) sob pretexto de que os outros meios de comunicação − e principalmente a mídia de referência − lhe atribuam uma grande importância. Esta imitação delirante, levada ao extremo, provoca um efeito bola−de−neve e funciona como uma espécie de auto−intoxicação: quanto mais os meios de comunicação falam de um assunto, mais se persuadem, coletivamente, de que este assunto é indispensável, central, capital, e que é preciso dar−lhe ainda mais cobertura,
consagrando−lhe mais tempo, mais recursos, mais jornalistas. Assim os diferentes meios de comunicação se auto−estimulam, superexcitam uns aos outros, multiplicam cada vez mais as ofertas e se deixam arrastar para a superinformação numa espécie de espiral vertiginosa, inebriante, até a náusea.

A Tirania Da Comunicacao – Ignacio Ramonet

Anúncios

Um comentário sobre “Mimetismo midiático

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s